Médico: você ainda precisa de um site ou dá pra viver só de redes sociais?

Olá, tudo bem?

Meu nome é Edson Medeiros e eu sou Especialista em Marketing para Médicos na WE Marketing Médico.

Eu acabo escutando esta pergunta com uma certa frequência aqui na WE:

Edson, eu sou médico, preciso mesmo de um site? Não posso ter só o Instagram ou Facebook?

É fato que as redes sociais, hoje em dia principalmente o Instagram, tem dado uma projeção muito grande para os profissionais da área da saúde, especialmente médicos. Eu sinto ainda como se isto fosse uma novidade, já que algum tempo atrás era muito difícil a gente pensar que um médico teria um perfil em alguma rede social.

Eu, particularmente acredito, que uma estratégia que só trabalhe redes sociais fica um pouco capenga. Como assim Edson? Bom, se você acompanhou nosso outro conteúdo que fala sobre O que é melhor para médicos? Google ou Instagram? talvez você já tenha uma ideia do que a gente acredita aqui na WE Marketing Médico.

Continuando… se você trabalha apenas nas redes sociais você vai impactar muitas pessoas que estão mais longe de se tornarem pacientes (vale conferir o nosso conteúdo que fala sobre O que é e como funciona o Funil de Vendas para Médicos?). Normalmente as pessoas estão usando o Instagram, Facebook ou TikTok para ver coisas aleatórias como fotos da família, da pescaria do amigo ou qualquer outra coisa. Se você usa alguma rede social, você vai entender o que estou falando.

É importante reforçar que não estou dizendo que não funciona mas sim que as pessoas que você encontrar nas redes sociais, em regra, irão levar mais tempo para virarem seus pacientes.

Já as pessoas que procuram no Google estão mais perto de se tornarem pacientes, afinal, estas pessoas estão procurando:

  • Pelo seu nome;
  • Pela sua especialidade;
  • Por algum sintoma;
  • Por alguma dúvida em algum procedimento;

É bem comum ainda um futuro paciente te encontrar nas redes sociais e ir procurar por mais informações sobre você, sua clínica ou hospital no Google. E a melhor forma de aparecer no Google e captar estes pacientes é através de um site (confira este outro conteúdo nosso Como aparecer no Google e captar mais pacientes).

Além disto, tem um ponto bem importante que a gente não falou antes que é o seguinte: imagina só se um dia o Mark Zuckerberg resolve “desligar o Facebook e Instagram”?

Bom, isto é bem improvável de acontecer (rs)

Mas é mais provável que em algum momento as pessoas simplesmente deixem de usar o Instagram, assim como aconteceu com o Facebook (que cada vez menos gente usa), com o Orkut, com o MSN etc.

E o que vai acontecer com todos os seus seguidores ou pessoas que curtiram sua página? O que vai acontecer com toda esta sua audiência?

Por isto que a gente aqui na WE Marketing Médico a gente defende que o nosso porto seguro na internet é o nosso site. Você tendo um site bem organizado e bem otimizado, é possível continuar captando novos pacientes sem se preocupar com qual rede social está na moda.

Afinal, dá pra viver só de redes sociais? Dá sim e tem vários médicos que fazem isto. Mas uma estratégia que envolva site e redes sociais é bem mais completa e bem mais sustentável.

E aí, o que achou deste conteúdo Médico: você ainda precisa de um site ou dá pra viver só de redes sociais ? Se você ficou com alguma dúvida pergunte aqui nos comentários.

PS.: se você gostou deste conteúdo aproveite e compartilhe nos seus grupos de WhatsApp de Médicos. Pode ser que ajude outros colegas.

Ah… o post Médico: você ainda precisa de um site ou dá pra viver só de redes sociais? apareceu primeiro no Blog da WE Marketing Médico

Posts Recentes