9 Mitos e Verdades sobre Marketing Médico

Olá, tudo bem?

Meu nome é Edson Medeiros e eu sou Especialista em Marketing Médico aqui na WE Marketing Médico.

Sendo direto e reto vamos falar sobre 10 mitos e verdades sobre marketing médico:

1. Não atendo em clínica ou consultório próprio, por isto é melhor não investir em Marketing Médico

E quem disse que você precisa ter sua própria clínica ou consultório para investir em Marketing Médico? Se este for o seu cenário a nossa recomendação é divulgue o seu próprio nome ao invés da clínica ou consultório em que você atende. Afinal, seu nome será sempre seu.

2. Preciso ter conhecimento técnico para investir em Marketing Médico

Na verdade não. No nosso Blog e no nosso canal do YouTube mesmo você encontra muito material informativo de qualidade e gratuito. Se você tiver tempo e disposição você pode aprender por conta própria. Se não tiver tempo você sempre pode procurar a ajuda de especialistas.

3. As campanhas de Marketing Médico custam caro

Talvez este seja o maior mito que circula sobre marketing médico. A verdade é que os investimentos costumam sem muito mais acessíveis do que as ações em TV, rádio, jornal, outdoor ou revistas.

É claro que os investimentos vão depender das sua metas. Se você tiver objetivos mais ousados serão necessárias estratégias mais bem elaboradas e precisem de mais recursos.

No final, a ideia de custo está sempre ligada ao retorno sobre o investimento. Se sua campanha não deu resultados, ficou cara. Se trouxe novos pacientes e divulgou seu nome, ficou barata.

Vale dar uma conferida no nosso outro conteúdo que fala quanto custa fazer Marketing Médico.

4. Marketing Médico na maioria das vezes é digital e por isto é fácil

Quando a gente fala de Marketing Médico o meio que nós usamos 365 dias por ano é o digital e muita gente se engana em achar que porque é digital é fácil.

Isto porque muitos médicos ainda pensam que fazer Marketing Médico Digital é igual a fazer algumas publicações no Instagram. A verdade é que existe um universo muito maior por trás disto.

Aqui na WE mesmo nós temos mais de 12 anos de experiência nesta área, um equipe com mais de 15 pessoas, entre elas publicitários, jornalistas e analistas com certificações nacionais e internacionais divididos em pelo menos 4 grandes setores.

5. Marketing Médico é só para quem é recém formado

Bom, é verdade que uma boa parte dos nossos clientes aqui na WE Marketing Médico são sim médicos em início de carreira.

Mas também posso falar com segurança que de alguns anos pra cá a procura por médicos, clínicas, consultórios e hospitais que já tinham alguns anos de história, aumentou consideravelmente.

Isto porque eles perceberam que ou você investe em Marketing Médico ou… bem, ou você espera pra ver o que acontece (mas já te adianto que o cenário não é legal).

7. É só contratar uma ferramenta legal que os resultados virão

De uns anos pra cá surgiram várias ferramentas que ajudam sim na parte de Marketing Médico. Algumas inclusive com vários recursos de automação que facilitam alguns processos e ajudam a medir a eficiência das ações.

Mas, elas não geram resultados sozinhas.

Em outras palavras, se me dessem na mão um bisturi de obsidiana (que dizem ser o material mais afiado do mundo e que cicatriza mais rapidamente) pouco ou nada eu saberia fazer.

8. Eu não preciso de Marketing Médico, vivo só de indicações de pacientes

Olha, ter indicação de pacientes é muito legal e também muito saudável financeiramente. Mas, somente isto, não garantirá um crescimento sustentável da sua clínica, consultório ou hospital.

E o principal motivo é justamente porque a concorrência está maior e mais inteligente a cada dia que passa. Se você não estiver nos canais certos e na hora certa é bem possível que um paciente seu se torne paciente de outro.

9. Marketing Médico é moda e vai passar

O Marketing Médico não é algo passageiro – ele veio para ficar.

Prova disso somos nós mesmos que já estamos há 7 anos nesta área.

Além disto o comportamento do paciente mudou, já que agora ele passou a utilizar diversos recursos e ferramentas online para se basear em qual médico ele irá escolher. Só para você ter uma ideia, 90% dos pacientes procuram na internet por um médico, mesmo que ele tenha sido indicação de outro paciente.

E aí, o que achou deste conteúdo 9 Mitos e verdades sobre Marketing Médico? Se você ficou com alguma dúvida pergunte aqui nos comentários.

PS.: se você gostou deste conteúdo aproveite e compartilhe nos seus grupos de WhatsApp de Médicos. Pode ser que ajude outros colegas.

Posts Recentes